Caldo verde sustentável!!!

Todas as vezes que preparava o brócolis comum, ficava chateada por não aproveitar as folhas e os talos. Por isso pesquisei na internet o que poderia ser feito com esse ingrediente é, para minha surpresa existem várias opções tais como caldos, risotos e omeletes.

Guardei a informação e me policiei para não repetir o “crime” de jogá-los fora novamente!

Nas duas últimas vezes, lavei, piquei, sequei com papel toalha e guardei em um saquinho para congelar.image image

A primeira irá receita que fiz foi o “caldo verde”, substituindo a couve pelo talo e as folhas de brócolis congelados. E ficou uma delícia!

A receita abaixo serve 4 pessoas. E eu chamei de “Caldo verde sustentável”:image

Talos e folhas de brócolis (não precisa descongelar)

2 batatas médias cortadas em cubos

1 dente de alho

100g Linguiça portuguesa defumada

1 litro de água

sal e pimenta calabresa a gosto

azeite para refogar

Coloque em uma panela de pressão, os talos e folhas de brócolis, as batatas, sal, pimenta e a água. Após pegar a pressão, cozinhe por 8 minutos em fogo médio.

Quando prontos, separe algumas folhas e as pique em pedaços grandes, bata o restante no liquidificador os legumes com aproximadamente um copo do líquido em que eles cozinharam, até ficar em ponto de creme.

Enquanto isso refogue o alho e a linguiça, retorne as folhas e o caldo para panela, misture e pronto!

Bom apetite!!!

Anúncios

Como otimizar seu tempo na cozinha?

Sempre que comento com minhas amigas sobre alguma receitinha mais elaborada que preparei durante semana, enfatizo o “durante a semana” porque o tabú é sempre o jantar de segunda a sexta-feira, ouço a mesma reclamação de falta de tempo. – ” Ahhhh eu não tenho tempo pra fazer isso, preciso ser mais prática faço o básico”🙈🙉🙊

⏳E se eu te disser que ser prática depende de você e não do que vai cozinhar?!⌛️

1-💭 Primeiro é preciso ter em mente tudo que vai cozinhar, a mistura, os acompanhamentos, salada, sobremesa etc…

2- Comece sempre pelo mais demorado e ele não será necessariamente o mais trabalhoso. Por exemplo, você quer fazer uma gelatina de sobremesa, é fácil de fazer, porém demora pelo menos uma hora para ficar no ponto certo para servir, então faça-a primeiro.

3- Outro ponto importante, veja se você não vai precisar do mesmo ingrediente para diversos pratos. Seguindo o exemplo da gelatina. Você terá que ferver água para fazê-la e precisará de água quente também para o arroz. Então já ferva uma quantidade suficiente para os dois. Outro exemplo são os temperos, você pode precisar de cebola para mais de um prato, portanto já pique tudo de uma vez. Assim você evita também de sujar mais louça.🍴

Se eu pudesse dar uma única dica nesse blog, essa seria a publicada! Porque é o começo para qualquer um fazer as pazes com a cozinha.

🌻  Abraço 🌻

Desfiando frango em 2 minutos!

Se você acha que os chefes ficando duas horas com um garfo desfiando quilos e quilos de frangos, quando o prato do dia leva esse ingrediente, está redondamente enganada. Ufa! Ainda bem.

O truque  que vou ensinar não fui eu quem inventou, mas testei e agora sou super adepta.

Primeiro é importante que o peito de frango seja cortado em cubos, tempere-os a gosto, dê uma selada na carne antes de acrescentar 1 copo de água, tampe a panela e cozinhe por 15 minutos (a contagem inicia quando a panela pega pressão).

Quando estiver pronto abra a panela para conferir se ainda tem caldo, se tiver escorra-o. Tampe novamente, certifique-se que está travada, segure a panela pelas alças e chacoalhe com força até sentir que não tem mais pedaços batendo lá dentro. E voilá! A mágica está feita.

frango

Aproximadamente 2 minutos de chacoalhadas e o frango estava desfiado.


 

Com esse frango fiz deliciosos tomates recheados com cream cheese. Segue abaixo a receita:

IMG_1904[1]

*Tomates recheados com frango e cream cheese

Tempo de preparo – 30 minutos

Rendimento – 4 porções

4 tomates grandes e maduros (momotaro o tamanho é ótimo)

1/2 kg de peito de frango cortado em cubos

1/2 cebola média

1 dente de alho

100g de cream cheese

1 copo de água já fervida

Azeite para refogar e untar a forma

Sal e pimenta do reino a gosto

Retire a polpa dos tomates de modo que eles pareçam copinhos, passe um pouco de sal e deixe-os de cabeça para baixo para escorrer o liquido próprio. Não jogue fora a polpa retirada.

Faça o procedimento do frango citado anteriormente, acrescentando a polpa dos tomates para aproveitá-las.

Após o frango desfiado, retorne-o para fogo junte o cream cheese, mexa até ficar homogêneo. Recheie os tomates, disponha-os em forma untada com azeite e leve ao forno, pré-aquecido a 180º, por 10 minutos.

Sirva-os com arroz (branco ou integral) e salada.

Bom apetite!